NOTÍCIAS E EVENTOS

Saiba como diagnosticar a pancreatite em cães e gatos

A pancreatite

A pancreatite, aguda ou crônica é uma doença de etiologia multifatorial caracterizada pela inflamação do pâncreas. Apesar de ser uma patologia muito comum em cães e gatos, a prevalência real é desconhecida já que o diagnóstico continua a ser bastante desafiante.

Sinais clínicos

Os animais acometidos com a doença apresentam sinais clínicos variáveis e inespecíficos. Em cães, anorexia, vômito e diarreia são os sinais mais comuns, já em gatos letargia, anorexia e perda de peso são os sinais mais encontrados. Esse sinais também ocorrem em outras afecções, sendo extremamente importante um diagnóstico diferencial correto para o sucesso do tratamento clínico.

Diagnóstico

As concentrações séricas das enzimas lipase e amilase eram constantemente utilizadas no diagnóstico quando suspeitava-se de pancreatite. Porém sabe-se que valores aumentados dessas enzimas no sangue podem estar associados a doenças renais, hepáticas e gastroinstestinais além de neoplasias, estresse e uso de corticosteróides. Exames laboratoriais como hemograma completo, perfil bioquímico sérico e urinálise embora sejam importantes para estabelecer diagnósticos diferenciais, não apresentam alterações específicas da pancreatite.

Ao contrário da lipase sérica, as concentrações da lipase pancreática específica não são afetadas por alterações em outros órgãos ou por administração de corticosteróides. Sendo assim, a dosagem de lipase utilizando imunofluorescência (Vcheck) é indicada para o diagnóstico de pancreatite.

Sobre o teste

A lipase específica do pâncreas é utilizada para diagnosticar a pancreatite em cães e gatos que apresentam vômitos, febre, anorexia ou dor abdominal.

O kit do analisador Vcheck é um imunoensaio fluorescente quantitativo que permite a mensuração da concentração de lipase específica do pâncreas canino e felino. O kit utiliza anticorpos específicos que se ligam a lipase pancreática. O analisador Vcheck lê a densidade e calcula a concentração de lipase específica do pâncreas. O complexo fluorescente utilizado é o Európio, que fornece resultados mais precisos, pois os comprimentos de onda da luz estimulante e emitida não se sobrepõem. Esse teste permite um diagnóstico rápido e preciso para que seja realizado o tratamento adequado do paciente.

Interpretação dos resultados:

Faixa específica de medição:

Pancreatite canina (cPL): 50 – 2000ng / ml

Pancreatite felina (fPL): 1 – 50ng / mL

Abaixo do intervalo de referência: Normal

Dentro do intervalo de referência: Repetir o exame em 2 semanas se o animal apresentar sintomas. Repetir o exame em 1 mês se o animal não apresentar sintomas.

Acima do intervalo de referência: Alta probabilidade de pancreatite

Tratamento:

O prognóstico do paciente é reservado em muitos casos de pancreatite. No entanto, o Vcheck permite um diagnóstico rápido e possibilidade de implementação de terapia apropriada para o tratamento da doença. Fluidoterapia, analgésicos, suporte nutricional e outros tratamentos sintomáticos são indicados. Uma vez que o tratamento é iniciado, é possível utilizar o Vcheck também para monitoramento da evolução clínica.

Quer saber como adquirir o Vcheck para realizar o diagnóstico da pancreatite? Entre em contato com a ECO Diagnóstico Veterinário:  

31 3653-2025 – contato@ecodiagnostica.com.br

 

REFERÊNCIAS:

MARCATO, J. de L. Pancreatite em cães. Universidade Federal do Rio Grande do sul. Faculdade de Veterinária ,2010. Disponível em: <http://hdl.handle.net/10183/38781>

Acesso em: 18/06/2018

Depoimento

Atuo há quase 15 anos na área de sanidade em bovinos. Nesse tempo mudamos nosso foco de... (leia mais)

Rogério Carvalho Souza

Médico Veterinário, Doutor em Clínica e Cirurgia de Bovinos.

ECO DIAGNÓSTICA

Matriz: R. das Acácias, 1338 • SL. 906
Vale do Sereno • CEP: 34.006-003
Nova Lima • MG • +55 31 3653-2025

vendas@ecodiagnóstica.com.br

Filial: Av. Amarante Ribeiro de Castro, 551
Oliveira • CEP: 39.200-000 • Corinto • MG
+55 38 3751-1270