Blog

A importância do cortisol

A importância do cortisol

O hormônio cortisol é conhecido pela sua função catabólica, no equilíbrio eletrolítico e no metabolismo de carboidratos, proteínas e lipídeos, além de possuir um potente efeito anti-inflamatório.

É produzido para ser liberado pelas glândulas adrenais de forma intermitente e em pequenas quantidades, quando o organismo do cão percebe o estresse.

Quando, por um motivo qualquer, o corpo aumenta sua demanda por cortisol, as glândulas adrenais começam a produzir o hormônio em grandes volumes, causando toxicidade no organismo do animal.

A liberação do cortisol pelas glândulas adrenais provoca a liberação de glicose pelo fígado. A glicose, que é açúcar, fornece energia às células dos músculos que o pet vai usar para lutar ou fugir, exemplo: quando um cão de repente escapa de um urso, ou quando um gato de rua precisa enfrentar o novo gato macho que invadiu seu território.

A liberação de cortisol, contudo, não se limita a provocar a liberação de glicose e energia para os músculos. Esse poderoso hormônio tem impacto em inúmeras funções importantes do organismo do seu pet, incluindo:

O estresse crônico leva à secreção crônica de cortisol em excesso, o que pode resultar em uma infinidade de sérios problemas de saúde, incluindo:

Com a produção excessiva do cortisol podemos ter o hiperadrenocorticismo (Síndrome de Cushing), mas também com sua baixa produção podemos ter um quadro de Hipoadrenocorticismo (Síndrome de Addison).

Compartilhe

LEIA MAIS

Outubro rosa pet

Assim como as mulheres, as cadelas estão propensas a desenvolverem neoplasia mamária. Fique atento! A […]

Você conhece o impacto da cetose subclínica e da hipocalcemia subclínica nos rebanhos leiteiros?

Em rebanho leiteiros, as doenças metabólicas do período de transição vem ganhando cada vez mais importância […]

Hepatite infecciosa canina

Hepatite infecciosa canina A hepatite infecciosa canina é provocada pelo adenovírus canino de tipo 1 […]