Blog

A importância do uso do PCR (Proteína C-Reativa) em cães

O PCR reflete o estado de doenças no cão de forma rápida e eficiente. 

Em animais sadios, a concentração de PCR é muito baixa no soro e plasma, mas aumenta quando um fenômeno patológico ocorre como nas infecções, danos teciduais ou distúrbios infamatórios. Uma concentração aumentada de PCR, é uma reação não específica a vários estados de doenças e pode ser utilizada para indicar e avaliar respostas inflamatórias em doenças relacionadas a infecções e danos teciduais.

Doenças com PCR aumentado:

– Pancreatite

– Infecção Bacteriana Sistêmica

– Infecção por Parvovírus

– Anemia Hemolítica Imunomediada

– Leucemia Linfoblástica   Aguda

– Linfoma

– Broncopneumonia

– Adenocarcinoma Intestinal

– Demodicoses

– Hepatite

– Insuficiência Renal

– Artrite

– Leptospirose

– Leishmaniose

– Piometra

 

Compartilhe

LEIA MAIS

Outubro rosa pet

Assim como as mulheres, as cadelas estão propensas a desenvolverem neoplasia mamária. Fique atento! A […]

Você conhece o impacto da cetose subclínica e da hipocalcemia subclínica nos rebanhos leiteiros?

Em rebanho leiteiros, as doenças metabólicas do período de transição vem ganhando cada vez mais importância […]

Hepatite infecciosa canina

Hepatite infecciosa canina A hepatite infecciosa canina é provocada pelo adenovírus canino de tipo 1 […]