Blog

Outubro rosa pet

Assim como as mulheres, as cadelas estão propensas a desenvolverem neoplasia mamária.

Fique atento!

A utilização de métodos contraceptivos pode aumentar as chances do câncer de mama nestes animais, uma vez que aumenta-se o nível de hormônio circulante. Hormônios como o Estrógeno e a Progesterona, em excessiva produção, estão atrelados ao surgimento de neoplasia. Por isso, recomenda-se a castração de animais que já estão na puberdade.

O câncer de mama em cadelas também está relacionado, muitas vezes, à gravidez psicológica. Essa disfunção hormonal que ocorre nas cadelas é um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento da neoplasia mamária pois leva ao aumento da Progesterona e Prolactina.

A avaliação clínica das cadelas com câncer de mama é fundamental para determinar a fase, como também a evolução da doença, fornecendo melhor entendimento sobre o comportamento biológico da neoplasia e proporcionando informações de significado diagnóstico, prognóstico e terapêutico.

Como ferramenta para auxiliar e complementar o diagnóstico clínico das neoplasias mamárias, a ECO Linha Veterinária disponibiliza o Vcheck Progesterona, um kit de diagnóstico in vitro para a medição quantitativa da concentração de progesterona no soro canino.

A PREVENÇÃO SALVA VIDAS!

Clique aqui e os testes caninos do Vcheck

Compartilhe

LEIA MAIS

Você conhece o impacto da cetose subclínica e da hipocalcemia subclínica nos rebanhos leiteiros?

Em rebanho leiteiros, as doenças metabólicas do período de transição vem ganhando cada vez mais importância […]

Hepatite infecciosa canina

Hepatite infecciosa canina A hepatite infecciosa canina é provocada pelo adenovírus canino de tipo 1 […]

Leishmaniose Visceral Canina: Saiba quando, como e por que realizar o exame

Agosto Verde: Campanha de prevenção à Leishmaniose Visceral Canina Sabemos que a Leishmaniose Visceral Canina […]