Blog

Progesterona, a ferramenta que pode garantir melhores resultados!

Progesterona, a ferramenta que pode garantir melhores resultados!

A progesterona é secretada antes da ovulação em cães, e podemos usar essa característica do ciclo estral canino para determinar quando a cadela ovula. Isto é o que nos referimos como “calendário da ovulação”, uma ótima ferramenta para melhorar a fertilidade e a prolificidade em seus cães, uma vez que a criação equivocada é, de longe, a causa mais comum de infertilidade na cadela.

O recomendado para iniciar o acompanhamento da concentração da progesterona é seis dias após o início dos primeiros sinais de cio (estro). O período de descarga vulvar em cadelas pode variar de duas a três semanas, sendo mais seguro iniciar o acompanhamento mais cedo do que tarde, pois, algumas cadelas podem ovular assim que o cio se inicia.

Determinar quando a cadela irá ovular com base em um único teste de progesterona, não é possível, na maioria das vezes. Há relatos de ovulação seis dias após início do cio, mas também algumas podem ovular até 30 dias depois. De modo geral, três ou quatro testes de progesterona serão necessários durante vários dias.

A progesterona aumentará progressivamente durante o estro, e este é o aumento no qual o veterinário deve se concentrar para acompanhar a a ovulação. Quando a progesterona está em baixa concentração (igual ao valor basal < 1ng/mL), normalmente podemos esperar quatro a cinco dias antes da reavaliação.

Na figura, estão demonstrados os eventos nos quais é necessário focar durante o acompanhamento do período de ovulação: o “pico de LH” e a “ovulação”. O pico de LH geralmente ocorre quando os níveis de progesterona atingem 2 – 3ng/mL. Quando este nível é atingido, a ovulação ocorrerá dois a três dias depois.

Algumas cadelas podem ter o chamado ciclo anovulatório. Trata-se de um ciclo que não leva à ovulação (e, a cadela não engravidará). A progesterona pode aumentar devido ao crescimento dos folículos ovarianos contendo os oócitos, mas de repente cai (a causa ainda é desconhecida). Os folículos simplesmente encolherão e desaparecerão, e a ovulação não ocorrerá. Por esse motivo, o acompanhamento após o pico de LH é muito importante, pois a progesterona diminuirá subitamente.

O sistema Point of Care com metodologia de fluorescência do Vcheck, traz a praticidade que o médico veterinário necessita para obter as dosagens de progesterona em 20 minutos com apenas 50µL de soro. Isso é garantia de melhor eficiência no atendimento e satisfação dos clientes criadores.

Importante lembrar, não necessariamente todos os ciclos serão iguais. Existem variações de até 40% entre os ciclos. Um acompanhamento da ovulação deve, portanto, ser realizado em cada ciclo.

Referências:

PhD. DVM Emmanuel Fontaine, especialista em reprodução assistida de pequenos animais pela Centre d’Etude en Reproduction des Carnivores (CERCA).

Compartilhe

LEIA MAIS

Outubro rosa pet

Assim como as mulheres, as cadelas estão propensas a desenvolverem neoplasia mamária. Fique atento! A […]

Você conhece o impacto da cetose subclínica e da hipocalcemia subclínica nos rebanhos leiteiros?

Em rebanho leiteiros, as doenças metabólicas do período de transição vem ganhando cada vez mais importância […]

Hepatite infecciosa canina

Hepatite infecciosa canina A hepatite infecciosa canina é provocada pelo adenovírus canino de tipo 1 […]