Blog

Você conhece o impacto da cetose subclínica e da hipocalcemia subclínica nos rebanhos leiteiros?

Em rebanho leiteiros, as doenças metabólicas do período de transição vem ganhando cada vez mais importância no cenário brasileiro. A cetose subclínica e a hipocalcemia subclínica são exemplos de distúrbios que se destacam nesse período.

Estudos recentes demonstram que essas doenças têm causado prejuízos financeiros, produtivos e reprodutivos, e o pior, de forma silenciosa, já que seu caráter subclínico é mais prevalente que o clínico.

A cetose subclínica no Brasil, segundo (Souza et al. 2015), pode chegar a acometer 80% do rebanho leiteiro e a hipocalcemia subclínica pode chegar a acometer 50% do rebanho.

Os impactos gerados por essas doenças são extremamente relevantes, podendo afetar até mesmo a lactação seguinte.

Os custos associados às doenças incluem:

Alguns estudos demonstram que (GONZÁLEZ; CORRÊA; SILVA, 2014):

Uma vaca com hipocalcemia subclínica (valores séricos de cálcio menor que 2,0mmol/L) tem : (Chapinal et al. 2011):

Em suma, conhecer o real status dessas doenças dentro do rebanho é crucial para o sucesso. A cada dia a evolução genética dos animais e o aumento da produtividade exige um cuidado muito maior por parte dos produtores e técnicos. Animais altamente produtivos trazem grandes desafios.

A cetose e hipocalcemia são grandes desafios que deparamos no dia a dia da fazenda.

O monitoramento dessas doenças é possível com ferramentas práticas e portáteis. Obter esses indicadores são de grande valia para tomar decisões assertivas e reduzir substancialmente os prejuízos causado por esses distúrbios.


Chapinal N., Carson M., Duffield T.F., Capel M., Godden S., Overton M., Santos J.E.P. & LeBlanc S.J. 2011. The association of serum metabolites with clinical disease during the transition period. J. Dairy Sci. 94:4897-4903.
Referências bibliográficas:

González, F. H. D.; Corrêa, M. N.; Silva, S. C. (2014) Transtornos Metabólicos nos Animais Domesticos. 2. ed. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 155-167.

SOUZA, R.C. et al. Blood ketone bodies incidence and concentration from intensively housed early – lactation dairy cows in Brazil. Journal of Animal Science, Champaign, v.93, n. 3, p. 16, 2015.

Compartilhe

LEIA MAIS

Outubro rosa pet

Assim como as mulheres, as cadelas estão propensas a desenvolverem neoplasia mamária. Fique atento! A […]

Hepatite infecciosa canina

Hepatite infecciosa canina A hepatite infecciosa canina é provocada pelo adenovírus canino de tipo 1 […]

Leishmaniose Visceral Canina: Saiba quando, como e por que realizar o exame

Agosto Verde: Campanha de prevenção à Leishmaniose Visceral Canina Sabemos que a Leishmaniose Visceral Canina […]